Empresas privadas respondem por 54% dos investimentos em infraestrutura no Brasil

Estudo da CNI, no entanto, mostra que BNDES, Caixa e Tesouro são origem de 83% dos recursos emprestados para financiar obras e empreendimentos de transporte, energia, telecomunicações e saneamento.

Pesquisa elaborada pela Confederação Nacional da Indústria (CNI) aponta que investimento privado traz inúmeros benefícios para o país e principalmente para a sociedade.

O Estudo inédito O Financiamento do Investimento em infraestrutura no Brasil mostrou que em 2014 a iniciativa privada foi responsável por 54,3% dos recursos destinados à infraestrutura no país, com um total de R$70,7 bilhões dos R$130,3 bilhões investidos.

A ampliação da participação do setor privado na infraestrutura é um processo que vem aumentando nos últimos anos e, mesmo com a crise, o número de interessados em participar de licitações e financiar projetos vem crescendo. O financiamento privado deve ser visto como um instrumento de viabilização de projetos de qualidade.

Na área de transportes, por exemplo, já houve privatizações e concessões de rodovias, portos e aeroportos. Nos setores de energia e telecomunicações as empresas também têm participações importantes.

As concessões (pelas quais as empresas exploram um setor a partir de grandes contratos por tempo determinado) atraem o investimento para as áreas mais lucrativas e incentivam cada vez mais que empresas privadas invistam em infraestrutura, refletindo em benefícios consideráveis para a sociedade.

Fonte: Portal Industria, 2016. | Nexo, 2016.